12 agosto 2006

Gagueira Natural

"É importante lembrar que algumas crianças apresentam episódios de gagueira. Devemos considerar que a capacidade de falar, durante esse período, é um aprendizado e, diante disso, a criança é colocada e/ou se coloca, muitas vezes, em situações de insegurança diante dos outros e do domínio do conteúdo, demonstra ansiedade para se expressar e, ainda, algumas vezes, observamos situações de competição para falar. Nesse contexto, referimos Friedman e Cunha (2001, p. 135), quando designa a 'gagueira natural' como a 'possibilidade que qualquer falante tem de gaguejar no contexto de sua produção falada, na medida que a fluência não é absoluta em ninguém... seu aparecimento tem sempre algum sentido peculiar para a pesssoa que fala, situado na articulação entre as dimensões cognitiva, afetiva e motora perpassadas pela dimensão sociocultural da pessoa que fala'. Sendo assim, podemos afirmar que os adultos devem lidar com os episódios de gagueira (durante a aquisição da fala) como parte do processo, já que, esse envolve: ansiedade, insegurança e, muitas vezes, competição para falar, além de ser uma possibilidade de qualquer falante. Salientamos a importância de não chamar a atenção da criança ao fato e não completar a frase ou a palavra pela criança, mas ficar sempre atento, se esses episódios de gagueira persistirem por um longo tempo e/ou forem muito freqüentes, é necessário buscar as orientações de um fonoaudiólogo."

Fonte:
CELIA, Luciana dos Santos. Aquisição e desenvolvimento da linguagem na infância. In Aquisição e desenvolvimento infantil (0-12 anos): um olhar multidisciplinar. RS: Educas, 2003.

2 comentários:

Silmara disse...

olá fiquei feliz ao ler sobre a gagueira, pois estou passando justamente por esta fase com meu filho de dois anos e oito meses ele fala super bem mas de um mês pra cá, me parece ansioso e acaba caguejando por não ser tão rápido quanto gostaria(eu acho) até então, eu estava tranquila mas falando com outras pessoas recebi, pelo q percebo os conselhos errados de: pedir para ele falar devagar e tudo isso que li no texto para não fazê-lo. Obrigada pelas ótimas dicas e continuarei calma sem afoba-lo mais.

maykon disse...

Queria saber se existe algum tratamento para parar de gagueijar, pois sofro muito com isso no trabalho!!