23 agosto 2006

Técnica da Visualização - Parte II

Tudo que vamos realizar, antes de qualquer coisa nós pensamos sobre ele. Visualizamos o trajeto até o trabalho, imaginamos com qual roupa iremos àquela festa importante, o que falaremos diante de um público. Isso ocorre com todo mundo. Todos olham com os "olhos da mente", como afirma o texto da postagem anterior. Com as Pessoas Que Gaguejam não é diferente. O que pode mudar é que muitas vezes estes visualizam o evento de maneira excessivamente negativa. O medo toma conta, a ansiedade domina tudo, o nervosismo reina, enfim, é uma visualização negativa quando envolve principalmente situações de fala. Tais pensamentos são compreensíveis, pois enraizaram-se em virtude de situações desagradáveis, que de certa forma foram traumatizantes. Logo, o organismo procura formas de defesa. A fuga é uma delas. Porém, muitas vezes, fugir é inviável. Ao invés da fuga, surge a luta. Em indivíduos que gaguejam a luta é contra dois inimigos: a situação que para qualquer um poderia ser estressante (falar em público, por exemplo) e a fala. São nesses momentos que o pânico, juntamente com uma enxurrada de pensamentos negativos surgem: Não vou conseguir! Vou gaguejar! Sou incapaz! São algumas previsões que as pessoas que gaguejam fazem. O mais interessante é que muitos conseguem falar fluentemente em diversas outras situações. Em tais momentos de fluência é bem possível que o negativismo não esteve presente. É claro que somente a Técnica da Visualização Positiva (que já é algo importante!) talvez não lhe leve a uma melhor fluência. Mas é algo que devemos analisar com bastante carinho.

Ao pensar de maneira negativa, de visualizar-se não conseguindo realizar algum evento, os resultados também são da mesma forma negativos. O que aconteceria, então, se o pensar fosse positivo? Se a visualização tivesse como resultado o sucesso? Vou lá, vou falar muito bem! Eu sei que posso! Eu já provei isso para mim anteriormente! Dr. Joseph Murphy, afirmou em seu texto que as impressões que criamos em nossas mentes, "tornam-se manifestas como fatos ou experiências". Talvez na primeira vez o cérebro estranhe este novo jeito de pensar e agir, mas ele pode ser reprogramado.

Ainda não sei ao certo, não encontrei algo afirmando isso, mas parece-me que a "Técnica da Visualização" faz parte da Programação Neurolinguística - PNL. De acordo com a Sociedade Brasileira de PNL, "PNL é uma ciência, na qual suas experiências internas oferecem um meio de auto-conhecimento, para você desenvolver seu potencial criativo". O que seria a "visualização negativa" que não uma experiência interna? Perceber isso é o auto-conhecimento! Mudar de atitude, ou seja, estimular o desenvolvimento de pensamentos positivos, é desenvolver o potencial criativo! Como percebemos acima, pensamentos geram comportamentos. Pensamentos negativos, comportamentos negativos. Pensamentos positivos, comportamentos positivos.

Claro que existem outras coisas por trás da gagueira, mas no adulto que gagueja a imagem de mau falante que este possui de si, que o leva a sentir-se incapaz em situações de comunicação verbal, ocasionando pensamentos e comportamentos negativos, gerando uma gigantesca bola de neve, é algo que tem que ser trabalhado em terapias fonoaudiológicas.

6 comentários:

Alex Aragão disse...

Muito legal o texto Wladimir... interessante esse assunto de programação neuro-linguistica...

Arnoud disse...

Lendo este artigo lembrei de uma coisa. Do jeito que é colocada a argumentação, parece incentivo para as pessoas "falarem sem pensar". :-D

Bom... desculpa ai pelo comentário fraco.

Ps: Sua foto está pronta.

Wladimir disse...

Arnoud,
Devemos nos preocupar com o conteúdo da fala e não com a forma. Na gagueira o indivíduo é levado a se voltar excessivamente para o formato do discurso. Isto ocorre, muito possivelmente, pois nos primeiros episódios de gagueira, os ouvintes aconselharam o falante a pensar, respirar antes de falar, a falar ritmado, enfim, com todas essas orientações, a fala do indivíduo que gagueja fica sem a espontaneidade que é peculiar a qualquer outro falante.

Alex Aragão, muito obrigado pela visita. Volte sempre.

analice silva disse...

ola, parabens por ter paciencia em dividir conhecimento com tantos, obrigada pela coragem e disposição...
eu acredito que em tudo na vida precisamos trabalhar a positividade, pois só dessa forma consegue-se vencer todos os obstáculos, e se chega a felicidade... hoje se manifesta de inúmeras formas e setores o negativismo e isso contagia e faz mal a todo o planeta, pois temos abundância e prosperidade ...

Anônimo disse...

Li Joseph murphy aos 14 anos , hoje tenho 43 anos . Há um ano me deparei novamente com a lei da atração , tento recuperar o tempo perdido .Tenho utilizado a técnica da visualização .
ÓTIMA , SUA MATÉRIA .

Anônimo disse...

Como investigador deste interessantissimo tópico mental; Visualiçao, deixo-vos um pequeno mas simples conributo de reflexão.
Como sabeis, as coisas simples são sempre as mais poderosas e as menos comprometedoras. Não obstante estas podem tornar-se verdadeiros enigmas como e.g., visualizar pela capacidade da deliberaçao e da vontade,sem isso nada acontece. Pela arte de visualizar podemos fazer maravilhosas coisas,como transformar a propria visualizaçao nas grandes realidades para a nossa vida. Materializar a imagem mental cultivada é um estado de santidade, e isso significa que a pessoa é extremamente feliz...
dr. Pereira.