18 outubro 2011

Dia Internacional de Atenção à Gagueira - 2011




Compartilhem essa ideia.


Dia Internacional de Atenção à Gagueira 2011

Como é do conhecimento de muitos, dia 22 de outubro é o "Dia Internacional de Atenção à Gagueira". Esta data abre um espaço para que sejam desenvolvidas diferentes ações que permitam difundir conhecimento sobre o tema. São trabalhos de conscientização de modo a transformar desconhecimento e discriminação em compreensão, aceitação e respeito.

Brasil, Argentina, Venezuela e Uruguai se uniram na elaboração de um folder e de uma apresentação que abordam a gagueira pela via da subjetividade da pessoa que gagueja. Um campo que precisa ser mais explorado e que está trazendo bons resultados terapêuticos por ajudar muitos a saírem do sofrimento de fala e a assumirem seus próprios destinos.

O material foi desenvolvido pelo "Núcleo de Estudos e Pesquisas em Fluência da Fala - NEPFF", em conjunto com a "Asociación Iberoamericana de la Tartamudez" e "Asociación Venezolana de la Tartamudez" (Venezuela), "Fundación para la Tartamudez" (Argentina), a "Licenciatura en Fonoaudiologia - UDELAR - Universidad de la República" e o "Centro Hospitalário Pereira Russel" (Uruguai), com apoio do Instituto CEFAC e da PUC-SP.

Compartilhamos nosso trabalho e contamos com sua colaboração para divulgá-lo. A apresentação pode ser visualizada e baixada também ao se acessar o site abaixo.



NEPFF
Coordenado pela Drª Silvia Friedman

Profª Titular do Curso de Fonoaudiologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP





Baixe a apresentação AQUI.




3 comentários:

Natália disse...

Oi, Wladimir, boa tarde!

Em mais uma das minhas ânsias de parar de gaguejarm encontri seu blog. Já sofri muito com esse problema, e ainda sofro. É corrosivo, sabe? Doloroso... Principalmente porque sou uma pessoa comunicatica, domino bem a língua portuguesa... Escrevo poesias... Mas não posso lê-las para ninguém. Gaguejo mais, bem mais, quando estou falando com pessoas com as quais convivo menos, ou quando é o primeiro contato. As palavras começadas com "G", "P", "PR", "BR"... geralmente palavras com 3 sílabas... Estou recorrendo a você, para saber se existe alguma técnica, ou se consigo alguns exercícios on line. Sei que o tratamento correto - e talvel o único - seja um acompanhamento fonoaudiológico, mas na minha cidade não temos esse profissional especializado. Aguardo sua resposta! Abraços!

Wladimir disse...

Natália,

Escreva para meu email: wladimirdamasceno@gmail.com. Por lá a gente conversa melhor.

Expedito Gonçalves Dias disse...

Passando para conferir o seu trabalho. Parabéns!
Um grande abraço!